Ginásio José Corrêa Avenida Guilherme P. Guglielmo, nº 1000 – Centro – Barueri

O JOGO

Nos dias 4 e 6 de outubro Barueri será palco do encontro de dois dos melhores times do mundo. Os vencedores da Liga das Américas e da Euroliga, Pinheiros/SKY (BRA) e Olympiacos (GRE), se encontrarão para definir quem fica com a taça da
Copa Intercontinental de Clubes. A Fox Sports transmitirá as duas partidas: dia 4 às 20h e dia 6 às 11h30.

Aproveitando uma expressão famosa do futebol, a bola bateu na trave do Pinheiros/SKY três vezes antes de, finalmente, entrar no gol. O tradicional clube fundado há 114 anos conquistou três vice-campeonatos internacionais nos últimos anos, Liga Sul-Americana (2012) e Torneio Interligas (2011 e 2012), antes de chegar ao sonhado título da Liga das Américas, maior torneio de basquete do continente.

Antes disso, também, foram construindo sua história em solo brasileiro. O time conquistou o Campeonato Paulista, em 2011, o primeiro de sua história, e foi duas vezes o terceiro colocado do NBB (2010/2011 e 2011/2012).

O desafio, agora, é outro, bem maior. Mas o Pinheiros está preparado. A equipe manteve sua base vencedora, com o armador Paulinho, os alas Shamell e Joe Smith e o pivô Rafael Mineiro, e ainda acertou com dois reforços de peso: o ala Jonathan Tavernari, que passou oito anos atuando no exterior, e o pivô norte-americano Toyloy, ex-Paulistano.

CONHEÇA MELHOR O PINHEIROS

Um dos clubes mais tradicionais do basquete mundial, Olympiacos começou sua trajetória na modalidade no início dos anos 30. Desde sua criação, a equipe é considerada uma das principais fontes de atletas para a seleção grega.

Ao todo, o time possui dez títulos da Liga Grega, nove da Copa da Grécia e três da Euroliga, torneio que marca dois dos mais gloriosos momentos de sua história. O primeiro foi em 1997, quando a equipe conquistou a tríplice coroa (Liga e Copa da Grécia mais a Euroliga). O segundo corresponde à atualidade, já que o time se sagrou bicampeão europeu nas duas últimas temporadas.

Para o desafio pelo título mundial, a equipe segue com sua principal estrela: o armador Vassilis Spanoulis, MVP das duas conquistas continentais. Junto dele, o ala/armador Acie Law e o ala/pivô Georgios Printezis seguem no time. Ainda chegaram o ala norte-americano Matt Lojeski, MVP da última Liga da Bélgica, e o pivô esloveno Mirza Begic, ex-Real Madrid.

CONHEÇA MELHOR O OLYMPIACOS

COMO COMEÇOU

Em 1966, a FIBA (Federação Internacional de Basquete) reuniu quatro dos principais clubes do mundo para a disputa do primeiro torneio mundial interclubes de basquete, realizado na cidade de Madri, na Espanha. A competição, que ficou conhecida como Copa Intercontinental, teve o Ignis Varese, da Itália, como o primeiro campeão ao superar o Corinthians (SP) na decisão. O Real Madrid, da Espanha, e o Jamaco Saints, dos Estados Unidos, também participaram do torneio.

21 VEZES

A Copa Intercontinental foi disputada 21 vezes, num período de 1966 a 1987, com uma edição extra em 1996. O Brasil esteve presente em todos os torneios e foi representado por equipes tradicionais do basquete nacional, como o Corinthians (SP), Franca (SP), Botafogo (RJ), Sírio (SP) e Monte Líbano (SP).

O CAMPEÃO

Em 1979, a cidade de São Paulo recebeu a competição, pela segunda vez (a primeira foi em 1973). O representante brasileiro, o Esporte Clube Sírio, conseguiu chegar à final diante da forte equipe da antiga Iugoslávia, o KK Bosna. Com o Ginásio do Ibirapuera completamente lotado, os alas Oscar Schmidt e Marcel de Souza e o pivô Marquinhos Abdala lideraram a equipe comandada pelo técnico Cláudio Mortari, hoje comandante pinheirense, à conquista inédita do título mundial. Além desse feito, o Brasil conquistou também seis vice-campeonatos mundiais: Corinthians (1966), Sírio (1973 e 1981), Franca (1975 e 1980) e Monte Líbano (1985).

A HOMENAGEM

Outro marco importante para o basquete brasileiro em relação a esse torneio mundial interclubes foi conseguido fora das quadras. Em 1975, a FIBA renomeou a Copa Intercontinental para honrar o Sr. Antonio dos Reis Carneiro, dirigente brasileiro e presidente da entidade máxima do basquete mundial de 1960 a 1968. Carneiro foi, inclusive, indicado ao Hall da Fama da modalidade no ano de 2007.

O Esporte Clube Sírio foi o primeiro e único time brasileiro campeão mundial de clubes, em 1979

MCDONALD’S CHAMPIONSHIP

Após o término da Copa Intercontinental, o basquete ganhou uma nova competição mundial interclubes. Dessa vez, a NBA (National Basketball Association) resolveu entrar na disputa para atrair o mercado internacional. Foi criado o McDonald’s Championship, torneio realizado nos anos de 1987 a 1999. Nove edições do McDonald’s Championship foram disputadas e o Brasil participou em duas delas. O Franca Basquete Clube (SP) foi o primeiro brasileiro a atuar na competição, em 1993, na cidade de Munique, na Alemanha. Os francanos ficaram com a quinta colocação, após uma derrota para o Bologna (ITA) e uma vitória sobre os donos da casa, o Bayer Leverkusen (ALE). A segunda participação brasileira foi histórica. Em 1999, em Milão, na Itália, o Vasco da Gama (RJ) venceu os dois primeiros jogos diante do Adelaide (AUS) e do Zalgiris Kaunas (LIT) e avançou à final para enfrentar o campeão da NBA, o San Antonio Spurs. O time carioca encarou a equipe norte-americana de igual para igual, mas não conseguiu parar a força de David Robinson, Tim Duncan e companhia.

Em 1999, Vasco foi vice-campeão mundial de clubes após derrota para os Spurs na final

NOTÍCIAS

VEJA MAIS NOTÍCIAS

Credenciamento


Os veículos interessados na cobertura das partidas devem preencher um pequeno formulário da FIBA (Federação Internacional de Basquete). Para ter acesso, clique aqui.


A senha de acesso para o formulário é Inter2013. O preenchimento do cadastro não garante o credenciamento e o mesmo será validado após avaliação da FIBA. Os interessados poderão se registrar durante toda a semana.


Os veículos aprovados receberão um e-mail de confirmação e deverão retirar suas credenciais no próprio Ginásio Poliesportivo José Corrêa, em Barueri, antes das partidas, na entrada destinada à imprensa – o credenciamento é um só para os dois confrontos.


Para mais informações de credenciamento de imprensa contate-nos no endereço imprensa@lnb.com.br.